29/05/2012

FLOREIRAS









a


















EloeCia

JARDIM AROMÁTICO

Adoro esse tipo de plantinha aromáticas, tenho quase todas no meu quintal.Trago algumas pra vocês.

Plantas para um Jardim Aromático


Alfazema...
 
A lavanda é facilmente identificada pelo seu aroma fresco e limpo, extremamente agradável. É originária das regiões montanhosas dos países mediterrâneos. Era muito conhecida pelos gregos e romanos, que utilizavam esta erva em seus banhos. O nome do seu gênero (Lavandula) é originado do latim “Lavare”, que significa lavar. Muito utilizada em banhos de purificação e como perfume. Pelo seu poder anti-séptico, foi amplamente utilizada na Europa durante a primeira e segunda guerra mundial para limpar ferimentos de soldados. A lavanda é um arbusto de pequeno porte, que mede entre 20 e 60 cm de altura. As folhas são estreitas e alongadas e suas flores são de cor azul ou violeta. 

Arnica...
 




É uma planta herbácea, de caule pouco ramificado, que pode medir entre 20 e 70 cm de altura. Suas raízes são escuras e fibrosas, com folhas ovais que podem chegar a 7 cm de comprimento. Suas flores são amarelas ou alaranjadas, com aspecto semelhante ao da margarida. As partes da planta utilizadas para fins medicinais são as folhas e flores. Entretanto deve ser usada com restrição, pois é uma planta que, além do seu poder medicinal, produz várias substâncias tóxicas. A utilização em jardins aromáticos é interessante pelo suave perfume exalado das suas folhas.


EloeCiaAlecrim...
 
É originária da região do mediterrâneo e o nome de seu gênero botânico (Rosmarinus) significa “orvalho que vem do mar”. Foi muito utilizada para purificar e esterilizar ambientes de hospitais, queimando suas folhas em defumadores. O alecrim é um arbusto de pequeno porte, que pode atingir de 1 a 2 metros de altura, dependendo de como é cultivado. As folhas são pequenas, de cor verde escura e coriáceas, ou seja, duras e resistentes. Tem um forte odor canforáceo. E as sua folhas são usadas como incenso para perfumar a casa.



Arruda
 Planta originária do Sul da Europa. É bastante conhecida como de erva purificadora, que limpa ambientes, atrai bons fluidos e afasta maus-olhados. A arruda é um arbusto que pode chegar a 1,5 m de altura. Desenvolve-se com facilidade em qualquer clima. Tem muitos ramos e suas folhas são ovais e pequenas, de cor verde-acinzentada. As flores têm pétalas amarelo-esverdeadas. Seus ramos frescos afastam insetos, pulgas e ratos, podendo ser utilizada como repelente. As partes utilizadas são principalmente a folhas, mas a planta toda pode ser utilizada. Pode ser colhida o ano todo. (não utilizar na gravidez)

Artemísia...
 
Planta originária da Europa, Ásia e norte da África. Adaptou-se muito bem no mundo todo. No Brasil é também conhecida por erva-de-são-joão. É muito usada como planta ornamental em jardins. Além de bonita, é uma planta muito perfumada devido ao óleo volátil produzido pelas raízes e folhas. Suas flores são brancas com folhas recortadas e esbranquiçadas na face inferior. Pode crescer rasteira, com 15 cm de altura ou atingir até um metro. Seu caule pode ser bem ramificado, com tem tom violáceo. Floresce no verão.

Boldo...
Esta espécie de boldo é muito comum no Brasil e é conhecida também por falso-boldo, pois é diferente do boldo-do-chile (Pneumus boldus), originário da Cordilheira dos Andes, no Chile. O boldo-do-chile é muito raro no Brasil, pois se desenvolve em altitudes muito elevadas. O boldo comum no Brasil é um arbusto de origem africana, que atinge de 1 a 2 metros de altura e produz flores azuladas. As folhas do boldo são intensamente aromáticas e de sabor picante. Desprendem um perfume semelhante ao da hortelã e da melissa. Tem formato oval e são cobertas de pêlos salientes, desagradáveis ao tato. As partes utilizadas são as folhas para fazer chá.

Calêndula...
A calêndula é uma planta de origem européia, mas é bem adaptada no mundo inteiro, inclusive no Brasil, especialmente nas regiões Sul e Sudeste. As partes utilizadas são as folhas e flores. Suas flores são muito bonitas, de coloração amarelo-alaranjada, muito utilizadas em jardins ornamentais. Caracteriza-se pelo inegável perfume e as folhas são macias e aveludadas. A calêndula pode atingir até 50 cm de altura e apresenta caules ramificados em duas hastes.

Camomila...
Planta de origem européia, cresce principalmente em climas amenos. Muito bem adaptada à região Sul do Brasil, mas também é possível cultivá-la em regiões mais quentes. Conhecida pelas suas pequenas flores brancas, muito bonitas, que lembram pequenas margaridas. Possui folhas delgadas e bem recortadas. É uma planta de pequeno porte, que atinge de 25 a 50 cm de altura. Entretanto sua principal característica é seu aroma intenso e doce, capaz de perfumar grandes ambientes.

Capim-Limão...
Planta originária da índia, foi trazida ao Brasil ainda nos tempos de colônia portuguesa. Muito bem adaptada ao clima tropical e subtropical. Além de planta medicinal e aromática, é muito utilizada para combater a erosão de terrenos. Por isso é plantada na beira de estradas recém abertas e locais em declive, para evitar a queda de barreiras. Muitas vezes esta planta é confundida com a erva-cidreira por causa do seu aroma, entretanto são plantas completamente diferentes. Planta que forma touceiras e pode crescer até 1,5m de altura. As folhas são alongadas, estreitas nas pontas, com até 50 cm de comprimento e áspera nas duas faces. Suas folhas exalam forte aroma de limão, muito agradável.

Erva-Cidreira...
A erva-cidreira, também conhecida como melissa, é uma planta de pequeno porte, medindo de 30 a 40 cm de altura. É nativa do Brasil e pode ser cultivada em praticamente todo o seu território, embora não goste nem de frio nem de calor excessivo. Suas folhas são ásperas, de formato oval e pontiagudo, com as bordas dentadas (em forma de serra). Cuidado para não confundir suas folhas com as do hortelã, pois são parecidas. Suas flores são brancas e pequenas, que exalam um forte cheiro que lembra o limão. Por isso é às vezes confundida com o capim-limão, embora as plantas não sejam nem de longe parecidas.

Erva-Doce...
O anis ou erva-doce é uma planta herbácea originária do Egito, Grécia e Oriente Médio. Existem registros de que esta planta já era cultivada pelos egípcios em 1500 AC, sendo utilizada como alimento, remédio e bebida. Com o tempo foi ficando muito popular, sendo difundida para o mundo todo. Apresenta ciclo de vida anual, ou seja, em um ano ela germina, cresce, floresce, produz sementes e morre, tendo que ser plantada novamente. A altura pode variar entre 30 e 75 cm. Suas flores crescem em buquês, são brancas e pequenas e formam frutos pequenos, em forma de pêra, com forte aroma adocicado. As partes utilizadas são as folhas e as sementes.

Funcho...

Suas folhas são longas e muito finas, com forma acicular, ou seja, em forma de agulha. São bastante flexíveis, mas podem tornar-se duras externamente quando não encontram água suficiente. Suas flores são muito pequenas (2 a 5 mm de diâmetro), de cor amarela. Elas crescem em inflorescências, que são grupos de flores que partem de um único ramo. Cada inflorescência pode conter de 20 a 50 pequenas flores. O funcho é muito confundido com a erva-doce. Porém, suas sementes são secas e maiores que as da erva-doce. Quando cultivado no Brasil, mede em geral 70 cm, mas pode atingir até 1 metro de altura ou mais. Na Europa, devido às diferentes condições climáticas, pode chegar a 2 m de altura. Pode adquirir coloração levemente azulada quando expostas à solos secos e com radiação solar excessiva.As partes utilizadas desta planta são as raízes, folhas e sementes, que são fortemente aromáticas, com cheiro semelhante ao anis.

Hortelã...
Existem várias espécies de hortelã que podem ser cultivadas na sua casa, que apresentam propriedades muito semelhantes, principalmente no que diz respeito ao aroma. As duas espécies mais comuns são as citadas acima. A primeira espécie tem folhas lisas e de um verde mais claro. Já a segunda espécie tem folhas verdes escuras e são crespas. Seu aroma forte e muito característico é resultado da grande concentração de mentol, princípio ativo do seu óleo essencial. As partes utilizadas da planta são as folhas e flores. São plantas herbáceas, de aproximadamente 30 cm de altura, rasteiras, com flores pequenas reunidas em espigas, de cor rosa ou lilás. As folhas são ovais e dentadas e o caule é arroxeado.

Fonte: http://www.astral.oxigenio.com/




24/05/2012



GENTE  que coisa mais linda é o blog da Leila,
dá uma passadinha lá pra você ver. 
Muita criatividade e idéias ótimas,um bom gosto incrível.

Selecionei algumas para postar por aqui...


                                                     ... caixas na parede


                                                  reaproveitamento de madeira



                 Esta comoda eu amei, lembrei da minha infância,
na casa de minha vó paterna tinha uma comoda
 com uma grade em vez da espelho. 

                                                   http://meumundomaistres.blogspot.com.br


Garimpei umas  coisitas mas...

                             Vou pintar um deses pra mim só falta a metade da porta.
                                               



    Adorei todo esse colorido,pra quem tem crianças em casa , (que não é mais o meu caso), fica lindo, além de estimular as crianças a sentarem a mesa.Uma graça.



               Esse pelo de ovelha na cadeira me dá uma saudade do meu Rio Grande...do frio, das rodas de chimarrão com minha família,minha mãe,meus irmãos do fogão a lenha...icheeee ,fiquei melancólica.  
EloeCia

21/05/2012

customização de sapatos

GENTE estou apaixonada,ka,ka,ka...um mais lindo que o outro.
Já,já vou custumizar alguns dos meus e posto pra vocês verem como ficou.  









EloeCia

18/05/2012

ARTE NA PAREDE

EloeCia
Não sabe o  que fazer com aquele saco de botoes que você tem em casa? Faça um  mosaico/arte/adesivo na parede!! Lindo ... de mais.